Efeito Jade Picon? Óleo de coco ajuda na reparação de fios danificados como os da sister

Com rápida absorção e alta capacidade de hidratar, produto ajuda na restauração de cabelos que passaram por tratamentos químicos; veja dicas de uso

 

Nos últimos dias, Jade Picon ganhou as manchetes graças a um pedido inusitado durante a atual edição do Big Brother Brasil. A influenciadora, que tinha os fios descoloridos, optou por escurecê-los pouco antes de entrar no programa. Incomodada com os efeitos do procedimento, a participante foi ao confessionário e solicitou à produção um pouco de óleo para hidratar seus cabelos. O episódio agitou a web, reforçando a importância dos óleos para manter a saúde das fibras capilares.

 

Tamanha repercussão demonstra como as brasileiras se identificam com o problema. Afinal, nossos cabelos estão constantemente expostos a fatores de danificação, como calor, poluição, radiação solar, sal da água do mar e compostos químicos presentes em piscinas. E o óleo de coco é uma ótima alternativa para fazer a reparação graças a características que favorecem sua rápida absorção pelos fios, proporcionando resultados significativos em um curto espaço de tempo.

 

“O óleo de coco tem a capacidade de atravessar a barreira do fio e alcançar o córtex, repondo importantes nutrientes que vão prolongar a hidratação e favorecer o alinhamento das cutículas. No caso de cabelos danificados, seus efeitos são ainda mais significativos, pois as barreiras capilares estão fragilizadas, o que favorece a penetração dos ativos”, explica Jackeline de Souza Alecrim, farmacêutica com pós-graduação em Cosmetologia Avançada e Produtos Naturais.

 

Quando os fatores diários de desgaste se somam a tratamentos como descoloração,  tintura, alisamento e progressiva, torna-se ainda mais necessário intervir e fornecer os nutrientes que as fibras precisam. Isso porque a tintura e os procedimentos químicos eliminam o escudo hidratante natural, deixando os fios com maior facilidade de quebra e dando a eles uma aparência mais seca. “O óleo de coco é um grande aliado para essas situações, pois cria uma capa protetora que protege enquanto hidrata e restaura os fios”, diz a especialista.

 

Confira a seguir algumas dicas de como o produto pode ser usado para que você não passe pelos mesmos problemas enfrentados por Jade Picon durante o BBB.

 

Pré pool com óleo de coco

Como o nome indica, pré-pool ou pré-shampoo é uma técnica feita antes da lavagem dos fios. Serve tanto para hidratar e repor nutrientes quanto para ajudar a proteger as pontas da água quente e da ação detergente dos shampoos.

 

 Ingredientes

– Óleo de coco;

– Soro fisiológico;

– Creme de hidratação;

 

Modo de aplicação:

– Misture em um recipiente todos os ingredientes

– Aplique no cabelo da raiz até as pontas

– Deixe agir por 30 minutos

– Lave seu cabelo com o shampoo de sua preferência

 

Pré-sol com óleo de coco

Aplicar pequenas quantidades nos fios. O principal benefício é a blindagem dos fios, protegendo do calor, do suor e de outros agentes que possam danificar o cabelo.

 

Ingredientes

– Óleo de coco extravirgem

 

Modo de aplicação:

– Com o cabelo seco separe mechas pequenas ou médias e vá distribuindo o óleo da raiz até as pontas. Comece com poucas quantidades.

 

Finalização com óleo de coco

Finalização de cabelos cacheados e crespos: utilize algumas gotas do óleo de coco misturado ao seu creme de preferência. O processo blinda o fio, diminui o frizz e deixa o cabelo mais hidratado, brilhoso e com os cachos mais definidos

 

Ingredientes

– Creme de pentear de sua preferência

– Óleo de coco

 

Modo de aplicação:

– Misture o óleo de coco com o creme

–  Aplique em todo o cabelo. Se quiser um cabelo mais volumoso utilize também o pente garfo para dar volume na raiz.

 

Umectação com óleo de coco

A umectação com óleo de coco tem como objetivo nutrir os fios e, acima de tudo, repor a oleosidade necessária e recuperar madeixas danificadas por diversos fatores. O procedimento pode ser feito em todos os tipos de cabelo, principalmente os cacheados, crespos, crespíssimos e em transição.

“O tratamento serve como um complemento à oleosidade natural dos fios. Pode ser feito só com o óleo de coco, aplicando o produto no cabelo seco e sem ter a necessidade de misturar cremes. Indico que o procedimento seja feito à noite, porque é necessário que o óleo fique pelo menos 4 horas agindo no fio para que o resultado seja eficaz”, pontua Jackeline.

 

Ingredientes

– Óleo de coco extravirgem

 

Modo de aplicação:

– Com o cabelo seco mesmo, separe mechas pequenas ou médias e vá distribuindo o óleo da raiz até as pontas

– Amarre o cabelo e utilize uma touca.

– Deixe agir por no mínimo 4 horas ou noite toda

Jackeline também orienta sobre como retirar o óleo do cabelo “Para remover o óleo na manhã seguinte, a pessoa pode passar uma máscara antes de entrar no banho. Ressaltando que o óleo de coco não aumenta a oleosidade do cabelo”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.